• Mapa
  • Televendas (11) 3038-1551

Sala de Imprensa

Estudo no exterior depois dos 40

Data: 18/12/2009
Fonte: Veja no Brasil

Curso de línguas e hospedagem em casa de família em país distante não são mais só para adolescentes. Nos últimos dois anos, as empresas que promovem esse tipo de viagem no Brasil registraram um aumento de 45% na procura por parte de pessoas com mais de 40 anos. Uma delas é o paulista João Gabriel Crivellente, operador de bolsa de valores, 46 anos, casado e pai de três filhas, com idade entre 11 e 21 anos. Durante 45 dias, ele morou com uma família em Vancouver, no Canadá, para estudar inglês. Acordava às 8 horas e levava quarenta minutos para chegar de ônibus ao curso, com a mochila nas costas. Sua inspiração para a aventura foram as filhas mais velhas. Uma delas morou no exterior e outra ainda estuda na Nova Zelândia. “Foi uma experiência inesquecível. Convivi com gente muito mais nova e aprendi sobre o seu universo. Posso dizer que rejuvenesci”, conta Crivellente. O intercâmbio para pessoas maduras pode, em média, ser 50% mais caro se comparado com o mesmo programa na versão adolescente. “Isso se deve a aulas com menos alunos e a atividades recreativas, como jogos de golfe”, diz Marcia Mattos, gerente de cursos no exterior da STB.
Voltar

Siga-nos

;
FALE AGORA COM A GENTE!
Maximizar aba
FALE AGORA COM A GENTE! Minimizar aba

O Atendimento Online do STB está disponível de segunda à sexta, das 9h às 19h e aos sábados das 10h00 às 13h00

Se preferir, clique aqui para enviar uma mensagem para nós e receba informações detalhadas sobre nossos produtos.