• Mapa
  • Televendas (11) 3038-1551

Sala de Imprensa

Curso no exterior é experiência única

Data: 24/09/2009
Fonte: Rotas e Trilhas

Realizar um curso superior no exterior significa é uma experiência única de conhecimento e vivência cultural. Graduação e pós-graduação nos Estados Unidos, no Canadá, na Austrália e na Inglaterra estão entre as possibilidades.
 
Segundo a gerente de comunicação da agência de intercâmbio STB, Claudia Martins, algumas universidades brasileiras, em parceria com instituições internacionais, estimulam a internacionalização dos currículos de seus alunos. “
 
O planejamento e a antecipação são essenciais para a realização desse tipo de programa, além da consultoria para ajudar o estudante na escolha entre as opções disponíveis e para orientar o passo-a-passo do processo burocrático.
 
Para participar é preciso ter, no mínimo, 18 anos, inglês avançado, ter concluído do segundo grau e, caso se queira realizar o programa completo e obter o diploma, disponibilidade para morar no exterior por um período de quatro a cinco anos.
 
Para os que ainda não têm certeza sobre o programa, há a opção do trial period, cursar um único semestre letivo. A partir deste período de experiência, o estudante poderá decidir se continuará ou não o curso”, explica a Claudia.
 
Estados Unidos, Canadá, Austrália e Inglaterra são os países mais procurados, cada um com suas especificidades e seus sistemas diferenciados.
 
A seguir, algumas informações sobre cada um destes destinos e seus sistemas:
 
Estados Unidos
País com grande diversidade de paisagens e influência de várias culturas, os EUA são um dos destinos mais tradicionais para intercâmbio.
 
O sistema universitário compreende quatro anos, assim como no Brasil, com o diferencial de que o primeiro ano, generalista, proporciona ao estudante um período de maturação. Só no início do segundo ano o aluno decide qual será a matéria principal.
 
Canadá
Com seu eficiente sistema de segurança e qualidade de vida, também se destaca pela necessidade de mão-de-obra especializada em alguns setores.
 
Para isso, conta com instituições de ensino de alta qualidade que oferecem um programa de cinco anos, um a mais que no Brasil.
 
Destacam-se as regiões de Vancouver, na Província de British Columbia, e Winnipeg, em Manitoba.
 
Austrália
Cada vez mais, o mundo percebe as diversas vantagens educacionais oferecidas pela Austrália.
 
São apenas 39 universidades em toda a Austrália, com supervisão atenta do governo para garantir a qualidade de seus cursos, renomados entre a comunidade acadêmica internacional. O programa completo é realizado em quatro anos, sendo o primeiro básico.
 
Inglaterra
O sistema de ensino superior na Inglaterra sempre se distinguiu pelo rigor acadêmico e por suas tradições centenárias. Atualmente, a tradição convive em harmonia com as mais modernas tendências em programas cobiçados por jovens estudantes de todo o mundo.
 
Pós-graduação
As regras para a realização do programa podem variar de acordo com o país ou a instituição de ensino, mas geralmente é preciso ter experiência profissional de no mínimo dois anos, diploma de um curso superior e nível avançado de inglês. Em alguns casos, se aplicam testes específicos para cada área.
Voltar

Siga-nos

;
FALE AGORA COM A GENTE!
Maximizar aba
FALE AGORA COM A GENTE! Minimizar aba

Preencha os campos abaixo para iniciar o atendimento: