• Mapa
  • Televendas (11) 3038-1551

Sala de Imprensa

Disney oferece vagas para estudantes e profissionais

Data: 07/06/2011
Fonte: IG - São Paulo - Online

Um lugar que está nos sonhos de todas as crianças também é o desejo de muitos profissionais. O programa de trabalho na Disney World oferece diversas oportunidades tanto para estudantes como para graduados. Segundo Frederico Morais, gerente da Student Travel Bureau (STB) e responsável pelo processo de seleção da Disney, a procura é cada vez maior, principalmente considerando que não há custo de inscrição.

A Disney é formada por quatro parques temáticos (Magic Kingdom, Epcot Center, Disney´s Hollywood Studios e Disney´s Animal Kingdom) e dois aquáticos (Disney´s Typhoon Laggon e Blizzard Beach). Ao todo, são 58 mil funcionários espalhados pelos seis parques.

De acordo com a STB, por questões contratuais, a Disney não divulga o número de brasileiros que são contratados. Segundo Morais, todos os anos são oferecidas "centenas" de vagas.

No ano passado, concorreram na primeira etapa para o programa para universitários aproximadamente dez candidatos por vaga. Para este ano, a expectativa da agência é de 15 candidatos por vaga. Os aprovados pagam os custos da passagem aérea, visto e seguro saúde. A remuneração varia entre 7,25 dólares e 8,48 dólares por hora, dependendo do cargo. Esse dinheiro é suficiente para pagar a manutenção nos Estados Unidos, mas não muito mais. "Os custos da acomodação e alimentação são cobertos pelo salário. Dependendo da disponibilidade do estudante, ele pode fazer horas extras e conseguir pagar todo o programa", afirma Morais.

Programas

A Disney tem aumentado anualmente o número de programas remunerados. Entre eles há o Disney International College Program, trabalho temporário nas férias para estudantes, o Disney Guest Relations, representante cultural de longa duração, Disney Super Greeter, representantes culturais de verão, Disney UCR, programa em parceria com a Universidade da California Riverside para estudantes da PUC-MG, ESPM e Univali, e o Disney UFC, programa em parceria com a Universidade de Central Flórida para alunos já graduados em Turismo e Hotelaria.

Para os programas UFC e Guest Relations, os candidatos devem ter no mínimo 18 anos, inglês fluente, ter no mínimo um ano de experiência comprovada na área de Hotelaria/Turismo, perfil extrovertido e desejar obter um certificado de extensão de uma universidade americana, além de já ter participado ao menos de um dos programas de estágio remunerado nos hotéis e parques do Wlat Disney World Resort.

No programa de estágio, os estudantes ficam de três a quatro meses, no período de novembro a março, trabalhando em vagas de atendimento no parque. "Eles irão trabalhar nos restaurantes da Disney, na limpeza do parque, como amigo do Mickey, carregador de malas, entre outros", destaca Morais. No total, são oferecidas 12 posições.

"Quando chegam à Disney, eles passam por uma série de treinamentos e assinam os contratos de acordo com a função que irão desempenhar", explica Morais.

"Ótima experiência"

O guia de turismo da Agaxtur Henrique Pelosi participou por dois meses do programa para universitários, em 2005. Depois de graduado, em 2008, atuou na Disney pelo programa Guest Relations, no qual ficou um ano trabalhando.

"A Disney é uma das cinco melhores empresas nos Estados Unidos para se trabalhar. É uma ótima oportunidade para aprender como uma boa empresa funciona, com todos os processos mapeados e tudo acontecendo conforme o planejado."

Seleção

A primeira parte do processo de seleção é a participação de uma das palestras que acontecem todos os anos no Brasil. No final desta palestra, os interessados recebem uma senha para a entrevista. "Avaliamos o nível de inglês, perfil e adequação à vaga que está aplicando. O candidato deve preencher os pré-requisitos do programa", destaca Morais.

Pelosi conta que, como graduado, o salário é melhor. "Ganhava cerca de 10,50 dólares por hora e tinha todos os benefícios de um funcionário, como seguro médico, férias, hora extra, entre outros." Já no programa temporário para estudantes, Pelosi recebia 6,75 dólares por hora, sem benefícios. Mas, segundo ele, ambos foram ótimas experiências.
 

Voltar

Siga-nos

;
FALE AGORA COM A GENTE!
Maximizar aba
FALE AGORA COM A GENTE! Minimizar aba

Preencha os campos abaixo para iniciar o atendimento: