• Mapa
  • Televendas (11) 3038-1551

Sala de Imprensa

A faculdade está chata? Vá viajar

Data: 09/12/2010
Fonte: IG - Economia - SP - Online

Conheça Hauer Jr, o empresário que abandonou a faculdade e é dono de um dos negócios de educação que mais cresce no País, o STB.

O empresário José Carlos Hauer Jr trabalha com educação, mas deixou a faculdade de economia no segundo ano. “Detestei, achei chato demais”, afirma. À época, Hauer, que era aluno da Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP), gostava mesmo era de viajar. Dono de uma agência de turismo no início dos anos 1980, ele viu uma oportunidade de ouro quando o dono de uma empresa da qual era cliente, o Student Travel Bureau - STB, a ofereceu a Hauer. “Eu comprava produtos do STB, conheci o dono da empresa. Um dia ele me disse que queria ir para Miami e me ofereceu o negócio", afirma. "Eu olhei, gostei e comprei”.

Hauer Jr afirma que sua decisão foi influenciada pela percepção de que o negócio tinha um “potencial enorme”. “Eu pensei: se o turismo por turismo já é bom, o turismo com um agregado educacional é mais bacana ainda”, afirma ele, que também é piloto de avião, colecionador de vinhos e criador de cavalos campolino. Os números mostram que o empresário estava certo. Em 1986, cinco funcionários trabalhavam em um escritório na Rua Estados Unidos, nos Jardins, região nobre de São Paulo. Hoje, o STB emprega mais de mil pessoas em 67 unidades no Brasil e no exterior. Para o ano que vem, a empresa deve inaugurar mais cinco lojas: Maringá (PR), São Luiz (MA), duas na região Sul e uma na Região Norte.

Até algumas décadas atrás, viajar para fora do País era um sonho praticamente impossível para a maioria dos brasileiros. Ir ao exterior estudar idiomas, então, era mesmo só para os filhos da elite nacional. Pouca gente diria, pelos idos dos anos 1970, que o mercado de turismo educacional deslancharia, como aconteceu em especial a partir dos anos 1990. Hauer Jr foi um dos que acreditou no potencial e não se arrependeu. Em 2010, a expansão do STB deve chegar a 40% em relação ao ano passado, alcançando a marca de 50 mil clientes. Até 2015, a empresa pretende quadruplicar o número de clientes, levando um total de 200 mil pessoas ao exterior por ano.

O STB também planeja triplicar os investimentos em tecnologia em 2011, para R$ 1,5 milhão. “Grande parte do que estamos planejando tem a ver com o relacionamento com o consumidor através do uso da tecnologia, com aplicativos via iPhone e Blackberry. Enough [É o bastante, na tradução livre do inglês]”, diz Hauer Jr. Atualmente, a empresa já disponibiliza um aplicativo com informações sobre os principais destinos turísticos. Esses investimentos, somados ao bom momento para a economia brasileira e ao dólar “barato”, devem garantir que o STB cresça pelo menos 40% no ano que vem, quando a empresa completa 40 anos de existência.

Além disso, os grandes eventos esportivos que serão realizados no País – Copa em 2014 e Olimpíadas em 2016 – também devem contribuir para a expansão do STB nos próximos anos. Segundo estimativa da Embratur, o número de turistas estrangeiros no Brasil deve saltar de 5,2 milhões em 2010 para 11,1 milhões em 2020. Esse crescente fluxo de visitantes abre novas oportunidades de negócios para o STB.

Segundo Hauer Jr, há espaço para aumentar as vendas de cursos de idiomas no exterior para empresas que trabalham no setor de prestação de serviços, como restaurantes e hotéis. “Para quem quer treinar seus funcionários para atender bem essa clientela, às vezes é mais barato e mais rápido mandar para fora para fazer uma imersão de oito, doze semanas", diz. "Estamos começando agora algumas conversas e estamos fazendo algumas ofertas”.

O empresário conta que fez curso de inglês em Londres, percorreu praticamente toda a Europa e viajou para países como Estados Unidos, Canadá, México, Chile, Argentina, China, Tailândia, Turquia, Rússia, África do Sul. Seu destino preferido é a França, onde costuma sair em busca de novos vinhos para sua coleção. Sobre ter deixado a faculdade, Haeur Jr é taxativo: “Estudar é super importante. Eu estudei inglês, estudei francês, e estou estudando império romano agora. Tem algumas coisas que você continua estudando”, diz.

O principal produto da empresa é a venda de programas de estudo nos Estados Unidos. Inglaterra, Canadá, Austrália e Nova Zelândia são os próximos na lista de destinos mais procurados. Além de cursos, a empresa oferece também pacotes de viagens e programas de trabalho no exterior, e atua como recrutador exclusivo para trabalho na Disney.

“Simply the Best”
“A empresa hoje é muito melhor do que eu imaginava quando comecei”, diz o empresário, que por vinte anos fez parte de federações internacionais do setor. Hauer, que não revela o faturamento do grupo, diz em tom de brincadeira que o STB é uma empresa “humilde”. Apesar de não existirem dados precisos sobre o setor, ele destaca que sua empresa é reconhecidamente líder no segmento de turismo jovem e educação internacional do Brasil.

“É o que eu digo, a nossa empresa é o hors concours [o máximo, na tradução livre do francês]. STB não é Student Travel Bureau, é Simply the Best [simplesmente a melhor, do inglês]”, diz Hauer Jr, repetindo o slogan da campanha publicitária da empresa nas redes sociais. A mensagem também pode ser lida em pelo menos uma das paredes da sede do STB em São Paulo.

“É claro que houve momentos difíceis, que negócio não tem?”, afirma Hauer Jr, que diz nunca ter pensado em desistir da empreitada. “A pior crise que nós tivemos, que eu me lembre, foi a de 2001, com o ataque aos Estados Unidos em 11 de setembro. Aí nós ficamos um mês e meio sem faturar nada, só tendo prejuízo”. Já a crise financeira mundial em 2008 não trouxe problemas para a empresa.

Para Hauer Jr, a chave para o sucesso envolve prestar serviço de excelência, oferecer produtos de qualidade e inovar constantemente. “Você tem que ter honestidade no trabalho que você está fazendo. Se você não tiver isso, você vai ganhar dinheiro durante dois ou três anos, mas depois acaba. É por isso que essa empresa vai continuar crescendo, porque os pilares dela são os valores que eu tenho como pessoa”, diz. O empresário também fala com orgulho da equipe que formou: “A gente tem um grupo de pessoas que trabalham para o STB que é fantástico, muito bom. E esse pessoal comunga da mesma filosofia que eu, então é fácil tocar o negócio. Aqueles que não comungam não duram”.

Hauer Jr destaca que seus valores vêm do que aprendeu com sua famíla. O empresário começou a trabalhar aos 16 anos na empresa de projetos do tio, Lamartine Navarro Junior, que foi dono da Destilaria Alcídia e um dos criadores do Plano Nacional do Álcool. “Comecei como office-boy", diz. "Pegava ônibus, ia para a subprefeitura, não tinha moleza não”. Também aos 16 anos, Hauer fez sua primeira viagem internacional para a Argentina, que foi paga com seu próprio salário.


Voltar

Siga-nos

;
FALE AGORA COM A GENTE!
Maximizar aba
FALE AGORA COM A GENTE! Minimizar aba

O Atendimento Online do STB está disponível de segunda à sexta, das 9h às 19h e aos sábados das 10h00 às 13h00

Se preferir, clique aqui para enviar uma mensagem para nós e receba informações detalhadas sobre nossos produtos.