• Mapa
  • Televendas (11) 3038-1551

Tudo sobre Intercâmbio

Especialista ensina como trabalhar na Austrália

Publicado em: 01/11/2014


A Austrália é um dos destinos de intercâmbio mais procurados por quem deseja conciliar os estudos com uma temporada de trabalho no exterior, uma vez que o país permite que estrangeiros trabalhem legalmente caso possuam o visto apropriado. Lá, o próprio visto de estudante já dá ao aluno a permissão para trabalhar. Prático, não?
 

A esta facilidade, ainda podemos somar as lindas praias, o sol, o clima tropical, a receptividade dos australianos e a grande diversidade cultural. Isso tudo, sem falar das escolas que o país oferece para estrangeiros, sempre de ótima qualidade.
 

Pronto. Está aí a combinação perfeita: um destino incrível + excelentes escolas de intercâmbio + a possibilidade de trabalhar legalmente.
 

Mas e você, já pensou em trabalhar na Austrália? Em vista de tantas perguntas que chegam por parte dos nossos intercambistas a respeito do assunto, convidamos a diretora do STB Austrália, Daniela Odin, para esclarecer as principais dúvidas. 
 

STB: O visto de estudante permite que uma pessoa trabalhe legalmente na Austrália?
Dani Odin:Sim, e a partir de 13 semanas de curso já é possível solicitar o visto de estudante. Este deve ser solicitado após o recebimento do COE, documento que é enviado pela escola onde o intercambista estudará. Sempre aconselhamos ao aluno se matricular por pelo menos 14 semanas de curso, para garantir que ele receberá o visto de estudante. Com este visto recebido, o visto de trabalho já é automático.
 

STB: Quanto tempo por dia é permitido trabalhar com o visto de estudante?
Dani Odin: A partir do momento em que o aluno obtém o visto de estudante, já está automaticamente autorizado a trabalhar no país, desde a sua chegada. O estudante tem direito a trabalhar 20 horas por semana enquanto estiver estudando, e enquanto estiver de férias, pode trabalhar por período integral, ou seja, 40 horas semanais. O período de férias é muito comum para alunos que fazem cursos vocacionais, em que estudam geralmente por 10 semanas e possuem 2 ou 3 semanas de férias entre um módulo e outro.
 

STB: O que é Tax File Number?
Dani Odin: Sempre que se trabalha legalmente na Austrália, é necessário pagar os devidos impostos para o governo. Estes impostos já são deduzidos do salário pelo próprio empregador. O Tax File Number é um número fornecido pelo governo australiano a todos os trabalhadores, para controle dos impostos que devem ser pagos durante o tempo em que você estiver trabalhando no país. É como se fosse a carteira de trabalho no Brasil.
 

STB: O que o aluno deve fazer para começar a trabalhar pagando imposto?
Dani Odin: Assim que chegar no país, o ideal é que o estudante já solicite o Tax File Number. O processo é muito simples. O STB Austrália possui parceria com uma empresa de tax return e fornece um link, em português, para que o aluno preencha os detalhes. Feito isso, em até 28 dias, ele receberá o seu Tax File Number. Ajudamos nossos estudantes em todos os passos do processo!
 

STB: É possível trabalhar sem o Tax File Number?
Dani Odin: Teoricamente sim, porém algumas empresas determinam que o pagamento do salário seja efetuado somente após o recebimento do Tax File Number do funcionário. Portanto, é importante que o aluno contate o STB Austrália assim que chegar no país, para que já possamos dar todas as devidas diretrizes para facilitar o processo de adaptação no país.
 

STB: Só é possível trabalhar se o intercambista estiver estudando na Austrália? E quando acabarem os estudos?
Dani Odin:Existe um tipo de visto chamado Post-Study Work Visa, em que o aluno poderá trabalhar legalmente na Austrália por um período de dois anos, após terminarem os estudos. Mas esse visto só pode ser solicitado por alunos que estiverem fazendo cursos de nível superior no país, como graduação, pós-graduação ou mestrado, com duração mínima de dois anos. O Post-Study Work Visa concederá ao estudante, após o término do curso, a residência temporária por dois anos, e nesse período ele poderá trabalhar legalmente sem necessariamente estar estudando. É uma forma de se provar no mercado de trabalho, na sua área profissional. Se a empresa onde você estiver trabalhando gostar do seu trabalho e tiver interesse em que você fique definitivamente na Austrália, ainda tem a chance dela te ajudar a solicitar a residência permanente.
 

STB: E onde encontrar trabalho?
Dani Odin: Como a nossa loja fica baseada em Sydney, conseguimos ajudar os nossos estudantes de forma mais próxima. Frequentemente, organizamos workshops na área de hotelaria, ou convidamos empresas de recrutamento para virem até a loja para conhecer nossos alunos, entre outras atividades. Além disso, publicamos semanalmente os trabalhos que estão disponíveis em Sydney, facilitando a busca dos nossos intercambistas. Também podemos ajudá-los na formatação de currículos de acordo com os requerimentos australianos.
 


O STB Austrália mantém um escritório em Sydney, garantindo um atendimento diferenciado e de qualidade até do outro lado do mundo. Para maiores detalhes, acesse: /sobre-o-stb/stb-pacific. Caso possua outras dúvidas sobre o tema, entre em contato com uma loja STB

Voltar

Siga-nos

;
FALE AGORA COM A GENTE!
Maximizar aba
FALE AGORA COM A GENTE! Minimizar aba

O Atendimento Online do STB está disponível de segunda à sexta, das 9h às 19h e aos sábados das 10h00 às 13h00

Se preferir, clique aqui para enviar uma mensagem para nós e receba informações detalhadas sobre nossos produtos.