INTERCÂMBIO EM VANCOUVER

 

Que tal fazer seu intercâmbio em Vancouver, uma das cidades com melhor qualidade de vida do mundo? Além de aprender o idioma, você viverá cercado por uma natureza exuberante e ainda terá contato com pessoas do mundo inteiro. Saiba mais sobre Vancouver e escolha o destino do seu próximo intercâmbio neste guia. 

INFORMAÇÕES ÚTEIS

TELEFONE DE EMERGÊNCIA: 911

CÓDIGO DDI: 1

CÓDIGO DDD: 604

FUSO HORÁRIO: -5 horas em relação à Brasília, sem contar o horário de verão

TEMPERATURA: No verão, a      média é de 25ºC e, no inverno,        cai para 1ºC

VOLTAGEM: 110V

MOEDA: Dólar canadense

 

MELHOR ÉPOCA DO ANO PARA IR A VANCOUVER

Para os padrões canadenses, Vancouver é uma cidade relativamente quente. Mesmo assim, as médias de temperatura no verão variam de 15°C a 23°C e, no inverno, fica em torno dos 5°C. Como há muitas atividades ao ar livre na cidade, quem gosta de verão pode achar mais interessante visitá-la nas estações quentes do hemisfério norte, ou seja, entre maio e setembro. Mas, como o verão (entre junho e agosto), costuma elevar os preços de acomodação na região, a melhor época para aproveitar valores menores, menos turistas e uma temperatura ainda agradável é durante a primavera (março a maio) e o outono (setembro a novembro).

Mas Vancouver também é atraente nos meses mais frios, principalmente quando a ideia é aproveitar as pistas de neve para esquiar de Whistler, uma das principais atrações do país. 

O QUE FAZER EM VANCOUVER

Vancouver tem a natureza como protagonista em suas maiores atrações turísticas. Do clássico Stanley Park (explore de bicicleta!), às praias de Kitsilano Beach e English Bay, passando pelos parques Capilano Suspension Bridge e Lynn Canyon, ambos famosos pelas pontes suspensas entre árvores. Nos arredores da cidade há destinos incríveis, como as montanhas nevadas de Whistler e a Grouse Mountain. Vancouver é prato cheio para nature lovers, mas também oferece muitas opções de compras, gastronomia e festa. É uma cidade jovem do Canadá, ocupada por milhares de estudantes do mundo inteiro.

Saiba mais sobre o que fazer em Vancouver


 

TRANSPORTE PARA O SEU INTERCÂMBIO EM VANCOUVER

A cidade é dividida em três zonas (Vancouver é zona 1; Norte de Vancouver ou Burnaby é zona 2; Surrey é zona 3). Quanto maior o número de zonas que você percorrer, mais caro será o valor da passagem. Se você fizer intercâmbio em Vancouver por mais de três semanas, vale a pena adquirir o “BusPass”. Existem três tipos de bilhete e eles permitem que você ande à vontade de transporte público. Consulte o site oficial da TransLink para informações sobre mapas, preços, rotas e horários.
 

 

Chamado de SkyTrain, ele liga as regiões mais distantes da cidade ao centro. As estações não possuem catracas e os bilhetes são comprados em cabines na entrada ou em máquinas.

Práticos e modernos, possuem painel eletrônico e alto falante que avisa as próximas paradas aos passageiros.

É a balsa que cruza Downtown e o Norte de Vancouver. Para utilizá-la, você precisa de um bilhete Zona 2 ou Zona 3.

ONDE COMER EM VANCOUVER

Prato típico canadense, o poutine é composto basicamente por batatas fritas, molho e queijo derretido, mas, em alguns restaurantes, a receita é incrementada com outros ingredientes – como é o caso do Edible Canada, localizado em Granville Island, que acrescenta cebola e gengibre ao prato. Outro local onde é possível provar comidas típicas do país é no Fable Kitchen, em Kitsilano, que, respeitando a sazonalidade de cada um dos alimentos, trabalha apenas com ingredientes locais.

Cosmopolita e superglobal, a população de Vancouver é composta por imigrantes de diversas nacionalidades – o que significa que, além dos pratos típicos, você poderá encontrar restaurantes especializados na culinária de outras partes do mundo por lá.        

No Tacofino, um food truck em Tofino, tacos, nachos e drinques variados compõem o menu de um dos restaurantes mexicanos preferidos dos moradores.  Já no Pronto Caffe, localizado na região de Cambie Village, massas recheadas, nhoque ao pesto, almôndegas bem temperadas e sanduíches clássicos representam a cozinha italiana.

Especializado em comida de rua alemã, o Bestie, localizado em Chinatown, serve salsichões artesanais (de porco, de peru e até de bisão, além de uma opção vegetariana) acompanhados de salada de batata, chucrute e maionese temperada.    

Os restaurantes japoneses também são ótimos por lá, já que a proximidade com o Oceano Pacífico garante peixes (principalmente salmões) frescos e de qualidade. Dentre as muitas opções, a dica insider é o Eatary – opção bacana perto de Kitsilano Beach para quem gosta de provar sushis mais exóticos. 

 

ONDE FAZER COMPRAS EM VANCOUVER

Localizado a menos de cinco minutos de caminhada da City Centre Station, o Pacific Centre Mall é referência em compras na cidade. Dentre as mais de cem lojas que se reúnem ali estão a Apple, a Hollister, a Pandora, a Guess, a GAP, a Michael Kors, a Banana Republic, a Disney Store e a American Eagle.          

Para quem prefere fazer compras a céu aberto, a Robson Street também é uma ótima opção. Sephora, Victoria's Secret, Forever 21 e H&M são apenas algumas das marcas queridinhas que podem ser encontradas por lá.

Outras lojas de rua são a Two of Hearts (moda feminina com foco em sustentabilidade); a Secret Location (uma concept store com decoração futurista) e a The Regional Assembly of Text (papelaria que promove encontros literários toda primeira terça-feira do mês). 

 

O QUE FAZER À NOITE EM VANCOUVER

Ocupando o espaço de um antigo cinema, a Caprice, no centro de Vancouver, mistura a espaçosa e animada pista de dança com camarotes e lounges mais intimistas. Para agradar a todos os tipos de público, a casa aposta ainda em uma programação eclética: música eletrônica aos finais de semana e ritmos latinos às quartas-feiras.           

Já a Celebrities Nightclub, em Davie Village, prefere dar atenção exclusiva à música eletrônica. Aberta nos anos 1980, a casa passou por reformas e ganhou um novo (e potente) sistema de som nas últimas décadas – o que já garantiu a presença de DJs mundialmente conhecidos por lá, como Tiësto e David Guetta.

Enquanto o Cambie, em Gastown, mistura o ambiente de pub com casa de jogos (com direito a mesas de sinuca, pebolim e jukebox), a Commodore Ballroom, no centro, mistura balada com casa de shows.  O espaço, que abriu as portas em dezembro de 1929, já recebeu Nirvana, Kiss, David Bowie, The Police e outros grandes nomes da música ao longo dos anos. Vale conferir a programação no site do local antes da sua visita. 

 

COMO DAR GORJETA EM VANCOUVER

Em restaurantes, o costume é remunerar o serviço em 15% (ou 20%, se for excepcional). A taxa pode vir cobrada direto na conta, então dê uma conferida antes de pagar. Em táxis e cabeleireiros, a mesma coisa: um acréscimo de 15% é esperado e pega bem. Em bares, deixe US$ 1 ou US$ 2 a cada bebida no balcão. O mesmo vale para carregadores de malas e camareiras em hotel - um pequeno agradinho por dia garante bons serviços no futuro.

CURIOSIDADES SOBRE VANCOUVER

Supereducados, os moradores de Vancouver apreciam bons modos. Então excuse me, thank you e please devem fazer parte do seu dia a dia.

As ruas de Vancouver são muito limpas, e os moradores se esforçam para mantê-las assim. Nunca jogue lixo e, se possível, recicle - há lixeiras públicas para isso.

Prepare-se para a chuva. Ela é muito frequente, e é por isso que o clima é tão fresco e verde. Aceite como uma benção e inclua uma jaqueta com capuz no seu look - são mais comuns e práticas que guarda-chuvas.

Assim como muitas cidades brasileiras, Vancouver é smoke-free e não é permitido fumar cigarro dentro de espaços públicos fechados. Alguns restaurantes e bares têm área para fumantes.

Vancouver é uma cidade extremamente acolhedora, justamente por ter grande parte de sua população formada por imigrantes. Portanto, pode ficar tranquilo: um pouquinho de gentileza vai garantir que seu intercâmbio lá seja agradável e muito fácil. Quem já ouviu aquele estereótipo dos canadenses serem educados e bonzinhos demais? Não é à toa!

CUSTO DE VIDA EM VANCOUVER


 

ENTRE EM CONTATO COM A GENTE:

Receba mais detalhes sobre esses programas ou conheça outras opções.

 

 

Siga-nos

COMPRE ONLINE
Maximizar aba
COMPRE ONLINE Minimizar aba

O Atendimento Online do STB está disponível de segunda à sexta, das 9h às 19h e aos sábados das 10h00 às 13h00, exceto feriados nacionais ou feriados do estado de São Paulo.


Se preferir, clique aqui para enviar uma mensagem para nós e receba informações detalhadas sobre nossos produtos.

STB - Student Travel Bureau