• COMPRE PELO TELEFONE (11) 3038-1551

INTERCÂMBIO EM MONTREAL


Seu intercâmbio em Montreal pode ser a oportunidade perfeita para estudar dois idiomas, o inglês e o francês. A cidade, uma das mais francesas do Canadá, também oferece infinitas possibilidades de estudo e trabalho.  E você ainda viverá em uma cidade com cara de Europa, mas com a qualidade de vida do Canadá. Dá para ser melhor?

INFORMAÇÕES ÚTEIS

TELEFONE DE EMERGÊNCIA: 911

CÓDIGO DDI: 1

CÓDIGO DDD: 514

FUSO HORÁRIO: -1 a -3 horas em relação à Brasília, dependendo do horário de verão

TEMPERATURA: No verão, entre 21°C e 35°C. No inverno, entre -40°C e -25°C

VOLTAGEM: 110V

MOEDA: Dólar canadense


MELHOR ÉPOCA DO ANO PARA IR A MONTREAL

Depende do objetivo de sua viagem. O inverno é bem rigoroso, com temperaturas abaixo de zero (pode chegar a - 40°C) e muita neve. Apesar deste clima normalmente incômodo, muita gente opta por ir nesta estação para aproveitar as pistas de esqui e os festivais Fête de Neiges e o Montréal en Lumière.  

Muitos brasileiros têm dificuldades em se adaptar a este tempo e procuram as estações com temperaturas mais elevadas. A primavera já apresenta uma média de 14°C, que não exige agasalhos especiais e possibilita diversos passeios ao ar livre. O verão é a época mais cheia de turistas, com preços mais elevados e dias longos. A temperatura, nesta época, pode chegar a 30°C em dias esporádicos e há muitas atrações famosas, como o GP de F1 do Canadá, as festividades do Canada Day (1º de julho) e o Festival Internacional de Jazz de Montréal.

Por isso, planeje a data do seu intercâmbio de acordo com seus hobbies e preferências.

O QUE FAZER EM MONTREAL

No seu intercâmbio em Montreal, você vai ter a oportunidade de conhecer uma das cidades mais interessantes e charmosas da América do Norte. Além do idioma francês, é possível se sentir em um pedacinho da Europa ao caminhar pela Vieux-Montréal e suas ruas centenárias!

Ainda nessa região, reserve um tempo para visitar a magnífica Basilique Notre-Dame. Até quem não é religioso costuma se emocionar com os seus detalhes e sua beleza.

Descendo um pouco, você chega ao Quays of the Old Port, o berço da cidade. Ele já perdeu o título de principal porto da região, mas ainda abriga um parque linear que segue ao longo do rio St. Lawrence, junto a diversas atrações.

E o que dizer do domo de aço cilíndrico que abriga um museu moderno e tecnológico dedicado exclusivamente ao meio ambiente? Vale muito a pena visitar o Biosphère e entender um pouco mais as leis da natureza.

Conhecer um novo local não significa que você vai visitar apenas museus ou igrejas. É sempre interessante também fazer um passeio ao ar livre e conhecer um pouco mais onde os locais costumam ir. Neste caso, o Parc du Mont-Royal é o lugar certo! Além de curtir um bom tempo em meio à natureza, se você seguir ao topo vai ter acesso a uma das vistas mais incríveis de Montreal.

Para saber mais sobre os pontos turísticos de Montreal e também descobrir dicas insiders, baixe o aplicativo Tripbox STB. Todas as informações deste post e muito mais estão disponíveis lá, gratuitamente. Encontre na App Store e no Google Play.



COMO DAR GORJETA EM MONTREAL

O uso de gorjetas no Canadá é esperado e pode variar de 5% a 25%. Ele funciona como sua avaliação pessoal dos serviços prestados: se o serviço for muito ruim, você pode optar por não pagar a gorjeta, mas quando o serviço é regular, espera-se um valor entre 5% e 10%. Já para atendimentos extraordinários é costume remunerar em 25% do valor da conta. A prática serve também para táxis, sapatarias e salões de beleza.



TRANSPORTE PARA O SEU INTERCÂMBIO EM MONTREAL

O metrô de Montreal é composto por quatro linhas e está interligado ao sistema de ônibus, facilitando o acesso a todas as áreas da cidade.  Duas das linhas (a laranja e a verde) são especialmente importantes, pois levam aos principais pontos turísticos da cidade. O metrô funciona diariamente das 5h30 às 00h35, exceto aos sábados, quando continua funcionando até à 1h. Os passes, que são válidos tanto para o metrô quanto para o ônibus, estão à venda nas estações e podem ser unitários ($3,25 com validade de 120 minutos), diários ($10), semanais ($25,50) e mensais ($82), entre outros.

Montreal tem uma frota grande de ônibus: Local Buses (passam a cada 10 minutos), All Night Service (funcionam no período noturno) e o Express Service (ônibus que fazem menos paradas) são alguns deles. A passagem unitária custa $3.25 e pode ser comprada dentro do ônibus (a máquina aceita apenas moedas e não fornece troco) ou nas estações de metrô. Também é possível comprar, nas estações, o passe diário ($10), o semanal ($25,50) e o mensal ($82) que são válidos tanto para ônibus quanto para metrô. 

ONDE COMER EM MONTREAL

A influência francesa nesta cidade canadense vai muito além do idioma. Ainda bem, pois essa parte do Canadá foi agraciada também com a gastronomia mais reconhecida – e deliciosa – do mundo! No bairro de Ville-Marie, o Le Club Chasse et Pêche, por exemplo, conta com menu sazonal e oferece o melhor da cozinha francesa em Montreal, com ingredientes frescos combinados de forma criativa: siri com abacate, polvo com berinjela, entre outros. Um pouco mais sofisticado, mas vale a pena visitar em ocasiões especiais.

Mas o Canadá também tem as suas tradições culinárias. No L’Orignal, você tem a oportunidade de sentir o gostinho do interior do país, bem no meio da popular Old Montreal. Os pratos deste restaurante levam apenas ingredientes locais e frescos. E lá, você encontra tudo que eles adoram: smoked meat (carne defumada), peixes e patos.

Falando em tradição canadense, o Schwartz's, em Le Plateau Mont-Royal, é conhecido por servir os melhores sanduíches de carne defumada de Montreal da cidade há mais de 80 anos! Eles se vangloriam pelo reconhecimento internacional que recebem e por servir a carne old fashioned, sem qualquer aditivo químico.

Além dos pratos franceses e locais, há espaço também para a restaurantes italianos em Montreal. À primeira vista, o Wienstein & Gavino’s,  no centro da cidade, dá a impressão de ser um bar, mas não se engane: as massas, pizzas e carnes vêm em porções bem servidas. E a ótima carta de vinhos é o complemento perfeito.

Le Cartet, em Old Montreal, é bem eclético. O melhor deste lugar é o brunch, mas o almoço também vale a pena para provar o steak tartare da casa, que pode ser de filé mignon ou salmão. O ambiente é bem descontraído, com mesas comunitárias. Além disso, a casa também faz uma ponta de mercadinho, vendendo comidas saudáveis, lanches e chocolates artesanais para levar.

Os doces também têm seu espaço na cidade! Também em Old Montreal, o Olive & Gourmando é conhecido por seus brownies deliciosos – eles realmente o chamam de "extraordinaire brownie". Há também opções salgadas e leves, como sanduíches e pratos vegetarianos.

Kem CoBa , em Mile-End, é uma das unanimidades da cidade: para os locais, é a melhor sorveteria de Montreal. Por isso, prepare-se para encarar uma fila. Vai valer a pena. 

ONDE FAZER COMPRAS EM MONTREAL

Durante o seu intercâmbio em Montreal, você terá a oportunidade de ir a centros comerciais e lojas famosas e locais que contam com grande variedade de itens – e, normalmente, a preços mais em conta aos encontrados no Brasil.

Um dos melhores lugares para fazer compras em Montreal é a Rue Sainte-Catherine, no centro da cidade. Ela tem mais de 15 km de extensão e recebe grande variedade de lojas de departamento e de marcas famosas internacionalmente, além de bares, restaurantes e baladas.

Mesmo se não quiser comprar, você precisa visitar a Ville Souterraine. Este centro comercial fica no subterrâneo da cidade e tem mais de 1700 lojas e 200 restaurantes interligados.

Rue Saint-Paul Est, de frente para o porto, também é bem interessante para fazer compras, principalmente para quem está em busca de souvenires. Nela, fica o histórico edifício Marché Bonsecours, que conta com um pequeno centro comercial com boutiques e lojas.

Na parte oeste desta mesma rua fica a U&I, loja em que é possível encontrar marcas de designers canadenses ao lado de peças de nomes renomados. As peças são para homens e mulheres, mas têm uma proposta mais fashion.

Pensa em comprar lembrancinhas diferentes e mais elaboradas para os familiares e amigos do Brasil? Uma boa opção são os chocolates da Geneviève Grandbois, uma apaixonada pela iguaria que comprou uma fazenda de cacau na Costa Rica e faz todos os seus produtos de forma exclusiva e artesanal.

O QUE FAZER À NOITE EM MONTREAL

A cena noturna de Montreal é eclética, mas o evento musical mais conhecido da cidade é o Festival Internacional de Jazz de Montreal, que sempre ocorre no meio do ano. Desde a sua inauguração, em 1980 – com uma apresentação inesquecível de Ray Charles – até os dias atuais, o evento se tornou famoso e indispensável para quem estiver de passagem na cidade.

Rue Crescent Montréal é ótima para quem quiser curtir a noite mas não sabe aonde ir exatamente. Ela é repleta de bares, pubs e baladas que costumam lotar aos finais de semana, principalmente nos meses mais quentes, como julho e agosto.

Nesta rua, há um pequeno tesouro escondido: o pub Brutopia. A casa conta com música ao vivo todos os dias e é um local pouco conhecido dos turistas, proporcionando uma experiência verdadeiramente canadense.

Na região central da cidade, o Moose Bawr é um bar com ambiente bem descontraído, trilha sonora animada de rock 80 e 90. Em noites de hockey, ele costuma lotar, mas é sempre muito divertido. Assistir ao jogo comendo um dos vários tipos de hot dogs ou de poutine (batata típica do Canadá) é uma ótima experiência local - e inesquecível.

CURIOSIDADES SOBRE MONTREAL

Apesar de inglês e francês serem idiomas oficiais, você perceberá que o francês é muito mais usual na cidade. Não custa nada aprender algumas palavrinhas básicas no idioma, só para garantir, e sempre perguntar gentilmente se um atendente pode falar inglês (ele dificilmente fará isso de primeira).

Se você não tem planos de se tornar fluente em francês antes da sua viagem, faça apenas o esforço de estudar alimentos e menus. Montreal é all about food, e um conhecimento prévio de francês nessa área vai ajudar muito!

Se você gosta de jantar na hora que os locais comem, com os restaurante cheios e animados, acostume-se a comer tarde. O comum é 19h30 para drinques e 21h para jantar.

Não espere muita simpatia de garçons e atendentes. Eles não são rudes, mas costumam ser muito diretos e profissionais – sem papo ou gentilezas a todo momento.

Por outro lado, na hora de cumprimentar amigos ou colegas próximos, os locais são amorosos: são dois beijos na bochecha, que lá chamam de faire la bise.

CUSTO DE VIDA EM MONTREAL



ENTRE EM CONTATO COM A GENTE:

Receba mais detalhes sobre esses programas ou conheça outras opções.

Siga-nos

COMPRE ONLINE
Maximizar aba
COMPRE ONLINE Minimizar aba

O Atendimento Online do STB está disponível de segunda à sexta, das 9h às 19h e aos sábados das 10h00 às 13h00


Se preferir, clique aqui para enviar uma mensagem para nós e receba informações detalhadas sobre nossos produtos.