• COMPRE PELO TELEFONE (11) 3038-1551

INTERCÂMBIO EM CHICAGO

Das construções hi tech debruçadas sobre o Lago Michigan às obras de arte dos museus e galerias (passando pelas mais de seis mil esculturas a céu aberto da cidade), tudo colabora para dar um ar de modernidade ao maior playground de arquitetos do mundo! E, em meio aos prédios monumentais, centenas de parques florescem entre concreto e asfalto deixando a “Windy City” ainda mais encantadora.

INFORMAÇÕES ÚTEIS

TELEFONE DE EMERGÊNCIA: 911

CÓDIGO DDI: 1

CÓDIGO DDD: 312

FUSO HORÁRIO: -2 horas em relação à Brasília, sem contar o horário de verão

TEMPERATURA: No verão, a temperatura média é de 23ºC. No inverno, a média é de -5ºC

VOLTAGEM: 110V

MOEDA: Dólar Americano

 

MELHOR ÉPOCA DO ANO PARA IR A chicago

A melhor época para conhecer a cidade é entre os meses de maio e setembro, quando as temperaturas estão mais amenas e os festivais e atividades ao ar livre tomam conta de Chicago.

O QUE FAZER EM chicago

Sinta a Windy City sob seus pés no famoso Skydeck, plataforma de vidro localizada no 103º andar da Willis Tower. Outro lugar para admirar a vista do alto é na roda gigante do Navy Pier. Depois, aproveite uma caminhada às margens do rio para conhecer uma das partes mais modernas de Chicago!        

Explore o Millenium Park, onde quase sempre há um evento cultural ao ar livre acontecendo. Um desses palcos é o Jay Pritzker Pavillion, uma área sinfônica ultramoderna. Há também o Jay Pritzker Pavilion, anfiteatro com capacidade para sete mil pessoas que é palco do Grand Park Music Festival, evento de música clássica que ocorre sempre durante o verão.  No mesmo parque está o famoso Cloude Gate (ou The Bean, como é popularmente conhecido), escultura de aço inoxidável inspirada no estado líquido do mercúrio que se tornou símbolo da cidade. Ali pertinho está o McCormick Tribune Ice Rink – uma pista de patinação no gelo que funciona gratuitamente durante o inverno.           

Fãs de arte e história também vão se apaixonar pela cidade, que oferece uma enorme variedade de riquíssimos museus. Prova disso é o Field Museum – que, entre pedras preciosas, múmias, animais empalhados, fósseis e demais artefatos exibe na coleção o maior e mais completo esqueleto de Tiranossauro Rex já encontrado! Mas há também Museum of Science+Industry, um dos maiores museus dedicados à ciência do mundo; o Museum of Contemporary Art, todo dedicado à arte do pós guerra; o Chicago Architecture Foundation, que conta a história da cidade por meio de sua sua arquitetura e construções excepcionais, entre tantos outros...




 

TRANSPORTE PARA O SEU INTERCÂMBIO EM chicago

Metrô: Chamado pelos moradores de “L”, em referência ao percurso realizado sobre trilhos suspensos (Elevated Trains), o metrô também passa por trechos subterrâneos. As linhas azul e vermelha funcionam 24h por dia. Para usar o transporte público de Chicago você deve considerar a compra do Ventra, um cartão recarregável que oferece desconto nas tarifas e facilita a integração entre os sistemas de ônibus e de trem. Ele pode ser adquirido nas estações de metrô.


Ônibus: 
Em Chicago os ônibus percorrem apenas nos sentidos Norte/Sul e Leste/Oeste. As frotas são modernas e equipadas com ar condicionado e aquecedores para o inverno. Além do Ventra, também é possível pagar em dinheiro, mas, neste caso, tenha sempre o valor exato da passagem em mãos.

 

ONDE COMER EM chicago

Um hype de Chicago, o Avec bomba! Os pratos coloridos e pequeninos combinam com a decoração minimalista e cool do espaço – que conta com apenas 58 lugares, divididos entre balcão e mesas comunitárias. Aproveite para se misturar com o local people enquanto saboreia a deliciosa culinária mediterrânea da casa!  Massas artesanais, steak taretare, risotos, carnes e saladas fazem parte do menu do The Bristol, outro hot spot da cidade que destaca-se pelos preços honestos do cardápio e pelos pratos criativos no melhor estilo “farm-to-table”. Quem não dispensa um bom café da manhã vai amar o Little Goat, famoso por servir um brunch caprichado aos finais de semana.

 

ONDE FAZER COMPRAS EM chicago

O Chicago Antique Market conta com mais de 200 expositores que vendem de tudo um pouco: mobiliário, joias, livros, roupa... Destaque para a seção de fashion designers indie, onde estão aquelas peças de roupa exclusivas que só você terá!

Se você curte uma vibe mais hippie-chic vai pirar na Art Effect, que vende de joias feitas à mão a objetos de decoração descolados – estilo aqueles que fazem sucesso no Pinterest, sabe? Outra dica é a Space 159, uma concept store localizada na Magnificent Mile, principal região de compras de Chicago. Além de roupas, acessórios, perfumes, coffee-table books e relógios também há moveis à venda – geralmente expostos como parte da decoração do lugar.

Quem procura preços mais acessíveis deve correr para a State Street, outro importante destino de compras na cidade. Por lá é possível encontrar grandes lojas de departamento, como a H&M e a GAP. Na altura do número 108 está o Block Thirty Seven, que reúne marcas como Zara, Sephora, Banana Republic e L’Occitane.

 

O QUE FAZER À NOITE EM chicago

Localizada no porão de um icônico prédio em Wrigleyville, a Smart Bar está entre as casas noturnas mais frequentadas de Chicago! Seu potente sistema de som faz a pista central tremer sob o comando de DJs renomados com o melhor do techno, do funk, do house e de outros estilos eletrônicos. Hipsters e trendsetters lotam o Danny’s, um barzinho descolado que se transforma em balada aos finais de semana. A música é um mix de hip-hop, eletrônica e rock, geralmente pilotados por DJs locais. E por falar em música, as casas de show de Chicago são uma boa pedida para quem prefere um programa mais intimista durante a noite. Algumas dicas são o Chicago B.L.U.E.S. Bar e o Kingston Mines, maior e mais antigo clube de blues da cidade. Além disso, durante o verão, também é possível assistir apresentações musicais acontecendo do lado de fora das casas, nas calçadas, festivais e parques de Chicago.

COMO DAR GORJETA EM chicago

Como é de praxe nos Estados Unidos, é esperada uma gorjeta em Chicago. Pode ser entre 15% e 20% para garçons, 15% para taxistas e cabeleireiros, e uma caixinha de US$ 2 para carregadores de malas e manobristas.

CURIOSIDADES SOBRE CHICAGO

Fique ligado no calendário cultural da cidade. Se você busca teatro, o inverno costuma ser mais movimentado. Eventos de arte ocorrem sempre no outono e na primavera. Já o verão é a estação dos festivais.

Há 77 bairros ou comunidades oficiais na cidade, que na verdade se dividem em mais de 100 microcosmos culturais. Há bairros onde só se fala espanhol, por exemplo. Explore as neighborhoods!

Chicago não é conhecida como "Cidade dos Ventos" por puro lirismo. Na verdade, o apelido vem dos ventos gelados que chegam ali do Polo Norte. Pensou em um inverno rigoroso?

Essa é a cidade dos Chicago Bulls, um dos maiores times de basquete dos EUA, onde jogou Michael Jordan. Taí um bom tópico para conversa fácil.

CUSTO DE VIDA EM chicago


 

ENTRE EM CONTATO COM A GENTE:

Receba mais detalhes sobre esses programas ou conheça outras opções.

 

 

Siga-nos
FALE CONOSCO
Maximizar aba
FALE CONOSCOMinimizar aba
  • COMPRE ONLINE
STB - Student Travel Bureau